Visão clara e visão em sua cadeia de suprimentos

Por muitos anos, nossos consultores conseguiram chegar a conceitos viáveis de SCM que são bem experimentadas e testados e não dependem de ferramentas específicas ou de TI.

Toda mudança é sempre precedida da definição dos objetivos, análise, o conceito e o planejamento. E quando é hora de colocar as mudanças em prática, cada empresa vai estar satisfeita por ter um consultor experiente ao seu lado. É aí que nossos consultores entram – especializados nas soluções inteligentes, responsivas e flexíveis de Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos (SCM) para indústrias siderúrgicas.

Nossa Metodologia

  • Primeira fase:Triagem 
    Onde temos problemas ou gargalos dentro de sua cadeia de suprimentos? Quais potenciais podem ser identificados??
    Só depois de duas a quatro semanas, o gerenciamento tem fatos e números relativos considerando a economia de custos.
  • Segundafase: Conceito
    Nosso conceito inclui a customização da cadeia de suprimentos, projeto de inventário e engenharia, bem como a integração do sistema. Uma abordagem holística e tendo em conta todos os níveis da planta é fundamental para um conceito bem sucedido.
  • Terceirafase: Implementação
    Procedimentos bem estruturados, incluindo treinamentos para funcionários e combinados com mudança de gestão asseguram uma implementação bem sucedida de novos processos.

O objetivo final da consultoria estratégica de SCM é a otimização financeira (EBIT, ROCE) da cadeia de suprimentos. Aqui nós simulamos e comparamos diferentes cenários, tendo em conta condições gerais estratégicas, tais como o modelo de negócio, requisitos de mercado e produto, estratégia diferenciada/investimentos, bem como o sistema de cadeia de suprimentos existente.

Realizamos análise para explorar o potencial oferecido por vários componentes da cadeia de suprimentos. Com base nos meios de produção e nos fluxos /estoque de materiais na planta, este potencial é identificado de acordo com os objetivos e quantificado de uma forma facilmente compreensível. Isto fornece o ponto de partida para outras ações.

Um processo de customização é usado para reorganizar a cadeia de suprimentos, de acordo com as necessidades específicas do cliente: isso envolve olhar para os processos fabris relacionados ao produto, estágios de peças semiacabadas inteligentes, centros de distribuição, bem como para os níveis de serviços específicos do mercado / produto. Aqui, a ponto chave é a concepção de processos futuros e o estabelecimento da melhor forma de organizá-los. Finalmente, fica claro quem decide o que, quando e onde.

O desenho de inventário e Engenharia é usado para esclarecer as seguintes questões: quanto estoque é necessário da cadeia de suprimentos, e onde? Qual inventário é necessário, dependendo do tamanho do lote de transporte / produção (campanhas etc.), disponibilidade para entregar, nível do serviço, requisitos de qualidade e estoque de reserva como proteção contra a escassez?

O conceito de solução integrada inclui:

  • Mapeamento de processos para arquitetura da solução (que sistema suporta que processos)?
  • Sincronizar os componentes da solução, identificando interfaces.
  • Especificações de emissão e documentos do concurso para arquitetura da solução
  • Criando uma estratégia de introdução centrada nos benefícios (processos e sistemas)
  • Organizar processos licitatórios e avaliar o nível de cobertura

Este conceito decide quais os passos estão a ser realizadas, como e em que ordem.